24 dezembro 2014

Um presente pra você


Postado por Nat

Imagem: We♥It

Eu parei em meio a multidão com aquela caixa nas mãos. Embrulhada em papel brilhante vermelho, fita dourada e um cartão em formato de coração, aquele presente não deveria estar ali. Não mais. 

Foi inevitável, e como se eu não tivesse controle do meu corpo, dos meus pensamentos e, principalmente, do meu coração, entrei naquela loja de eletrônicos, com vitrines chamativas e um amontoado de gente dentro. Quando a simpática vendedora, com um gorro na cabeça, ofereceu ajuda, alguma voz que não poderia ser a minha, pediu, sem hesitar, aquele box de jogos e o console moderno e cheio de funções que estava na prateleira do fundo. Eu sabia exatamente onde estava tudo. Eu sabia exatamente o que queria. Eu sabia exatamente o que você queria.

E foi só quando eu sai, ainda aérea, da loja e dei de cara com um casal trocando presentes em meio ao shopping, que minha ficha caiu. Eu sabia o que você queria, mas você não me queria mais. E já não estava aqui, ou em sua casa me esperando. É véspera de Natal, e não vamos trocar presentes como nos últimos dois anos. Você não vai me encher de chocolates, pelúcia, perfumes e seus presentes únicos. Você não vai me abraçar apertado, como se fosse o meu papai noel. Você não vai estar aqui. Talvez o encanto tenha se acabado e já não sei se posso encarar essa noite com a mesma graça de sempre. Falta você. Falta nós dois.

A única coisa que ainda resta aqui é o seu presente. Eu trouxe pra casa. Poderia ter entrado na loja, trocado, devolvido, sei lá! Poderia ter dado à primeira criança que vi na minha frente, e foram tantas...mas sei lá! Esse presente é seu. Minha criança é você. E o seu presente está aqui. Mas você não...Será que ainda dá tempo de pedir um presente ao Papai Noel? Não vou pedir que você volte, afinal, a decisão é sua e você pareceu muito bem decidido em suas escolhas. Sua caixa de presentes já deve ter nova dona. A minha caixa ainda te pertence. Eu pediria ao bom velhinho que levasse a sua ausência pra bem longe daqui. Pra bem longe de mim. Não há nada pior do que essa ausência tão presente. Machuca, destrói, dilacera. E é Natal...eu queria renascer de novo. Sem você.
Mas o seu presente ainda está aqui...

0 comentários:

Postar um comentário

Vou ficar muito feliz em ler seu comentário sobre o post de hoje! ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...