07 fevereiro 2014

Livre pra voltar


Postado por Nat



Poxa vida, lá se vão mais de 3 meses desde a última vez que eu escrevi o último post!  Não voltei nem pra dizer que estou viva, estou bem, continuo aqui por detrás da tela. Nem sequer abri meu caderninho de desculpas pra soltar aqui e explicar o porquê do meu sumiço. Acho que tomei vergonha na cara e descobri que eu me encontrei. Que eu não tenho obrigação nenhuma de ficar dando um milhão de explicações por estar sem inspiração. Até porque eu me dei conta que o meu problema não era a falta de ideias, coragem ou tempo. Era só me sentir uma estranha em um cantinho que eu deveria me sentir literalmente em casa. É, me desculpe (Ah, não perco o hábito), mas eu mentia. 

Foi preciso muito tempo, mãos coçando, coração querendo, ideias fervilhando pra eu me dar conta de como quero a minha casa. Não preciso trazer as melhores dicas, looks, beleza, ou entupir de resenhas. Isso não sou eu, sabe? Não adianta querer competir, querer ser o que não sou nesse mundo da web onde todo mundo pode tentar ser o que for e tantas vezes se perde no próprio ser. (Êpa, ficou dificil, hein?). Na verdade, meus amigos, eu gosto disso aqui. De escrever sem compromisso, sobre o quê eu quiser sem me preocupar se você aí vai me amar ou me odiar. Apesar de amar rotinas - sim, eu amo dia-a-dia fazendo tudo sempre tão igual - aqui no blog as coisas vão funcionar diferentes. Vou postar quando quiser, sempre que quiser. Sem obrigações de tal dia post sobre isso, ou sobre aquilo e por aí vai. Não me leve a mal. Não critico e nem acho ruim quem faz isso. Até admiro, na verdade, pois no fundo queria ter esse assento de me organizar dessa forma. Mas nem tenho, apesar de ser uma chata de galocha com organização.

É que eu amo escrever. Amo colocar palavras soltas, sentimentos truncados, ideias roubadas de mim mesma. E amo a liberdade de poder ser isso. De ser o que sou, como estou, por onde vou. E se eu tiver vontade de falar do que todo mundo ama e está acostumado a ver, eu irei fazê-lo. Na verdade, eu vou fazer. Só não me cobre tá? Aff, eu funciono na pressão, mas nesse ponto de inspiração, me pressione e terá uma folha - ou uma tela - em branco. Mas deixa eu contar que só de pensar assim, já me fervilham milhões de coisas pra falar aqui. Assuntos diversos. 

Vão me amar mesmo assim? Me amem, pois serei eu e só! E que não me falte liberdade...pois no fundinho do meu coração, eu quero estar sempre aqui. 

E você, continua comigo no meu libreto rosa?


2 comentários:

  1. Bom te ver de volta :3 , cheguei por aqui enquanto estivestes ausente, graças ao teu layout que é uma fofura! Também me sinto assim as vezes, "não em casa" e acabo me afastando um pouco, embora esse ano tenha sido bom para o blog! ;*
    www.moniitorando.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. É isso! Esse é cantinho é seu e tem que ter a sua cara e a de mais ninguém! Quem se identificar, vai ficar.... e quem não ficar, você lamenta e segue!!!
    Bem vinda de volta!
    Beijos.
    http://meucoracaoescreve.com/

    ResponderExcluir

Vou ficar muito feliz em ler seu comentário sobre o post de hoje! ♥

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...