Minha TBR Book Jar ♥

28 janeiro 2015 Postado por Nat . Nenhum comentário
Terminar um livro e parar na frente da estante pensando: qual será a próxima leitura?


Essa é a proposta da famosa "jarra de livros a serem lidos", ou TBR (To Be Read) Book Jar. Sempre tive vontade de fazer uma pra mim, já que além de ser bem indecisa e acabar não lendo nada em seguida de uma leitura terminar, também acho um encanto ter um vidrinho colorido enfeitando algum cantinho da estante! ♥ Acho muito Amor!


E é tão simples fazer né? Você só precisa de:
- Livros a serem lidos (Tenho certeza que você tem vários!)
- Um pote/jarra/lata (Cata um pela casa!)
- Papeis coloridos (Ou branco, ou preto, ou reciclado...!)
- Criatividade 



Sim! Sua Book Jar tem que ser a sua cara. Eu fiz uma bem simples, mas com um coloridinho especial. Tinha dois potinhos de vidro aqui. Coloquei Lucky Stars de origami em um, e os papeizinhos com os nomes dos livros em outro. Ficou um mimo!







Pra quem ainda não fez e quer se inspirar, catei algumas ideias que encontrei no Pinterest! (♥)







E você, já tem a sua? Mostra pra mim! 

Post favoritos da semana #6

27 janeiro 2015 Postado por Nat . Nenhum comentário

♥1♥ Rotina sem organização vira bagunça, certo? Certo! Algumas dicas para organizar melhor a sua rotina estão no Good News Everyday.  ♥2♥  Aprender inglês em casa pode não ser impossível, hein? O Coisas Fúteis te fala como. ♥3♥ Decoração é algo que a gente tá sempre mudando. E decorar gastando pouco ou quase nada, melhor ainda né? Dá uma olhada lá no Borboletas na Carteira! ♥4♥ A Casa que minha vó queria trouxe uma seleção de pôsteres para as paredes de 2015

#MeLevaKipling

22 janeiro 2015 Postado por Nat . Um comentário
Gente, eu moooooorro de preguiça de participar de promoção, mesmo morreeeeeendo de vontade de ganhar várias dela. Sempre acho muito difícil cumprir as regras, sabe? Mas daí, a Kipling e a Bruna Vieira lançaram essa bomba: Mochilão Kipling.


Você só precisa desenhar a mochila dos seus sonhos, usando a matriz do Macaquinho da Kipling disponível no blog deles, postar no instagram acompanhado da tag #melevakipling e marcando @depoisdosquinze e @kiplingbr. Ah, e pode postar quantos desenhos a pessoa quiser até o dia 23/02.

O Prêmio pra primeira colocada? Tudo isso aí em cima!

Gente, eu quero! (E todo mundo também, né?) hahaha Tô aqui virando #aloka das mochilas, mas sou péssima em desenho, e no fim eu tô é me divertindo.

E você, já tá participando???

Viajando sozinha: Os 10 melhores destinos

20 janeiro 2015 Postado por Nat . 2 comentários
Na semana passada eu trouxe um punhado de dicas pra quem quer viajar sozinho levar em conta na hora de escolher o destino.  E aí, Nat? Já sei com o que devo me preocupar, mas, diz aí pra onde eu posso ir.


Pra você que ainda é inseguro ou já bem safo, eu reuni - de os 10 melhores destinos para quem quer e gosta de viajar sozinho. São lugares seguros, receptivos e apaixonantes, cada um em sua essência. Escolha o seu e... aproveite do seu tempo sozinho em algum lugar do mundo! ♥

(Os destinos foram escolhidos por mim baseados em pesquisas, não tem nada comprovado, tá?)

1. Islândia

Toshlo

Sempre no topo dos melhores destinos para viajantes solitários, a Islândia é um dos mais acolhedores e calmos lugares do mundo. Paisagens maravilhosas, segurança, o país não é muito populoso, o que te permite mergulhar na cultura local e desfrutar dias de calmaria e atividades ao ar livre. 

2. Austrália


Um país enorme, mas que é destino certo de todo viajante. Seguro, fácil de se locomover, e que inspira uma independência única.

3. Irlanda


A Irlanda é aquele lugar onde você dificilmente vai se sentir sozinho. O acolhimento dos moradores locais e as belíssimas paisagens, são um plus a mais pra tornar essa viagem inesquecível.

4. Costa Rica


Costa Rica é destino para os mais aventureiros (não que os outros não tenham vez!). Segundo país mais feliz do mundo, o viajante se sente em casa e tem uma aventura a cada esquina: vulcões para subir, florestas para explorar e praias deslumbrantes. 

5. Nova York


Pra quem quer se misturar com gente de todos os lugares do mundo, Nova York é o lugar ideal! A cidade que não dorme, fácil de se locomover (sistema de metrô funcionando a todo vapor, táxis em grande número e até mesmo a pé). É segura sim, embora muitos digam que não. (Só não vale ficar dando sopa, né? E isso é em qualquer lugar!)

6. Peru


Para mergulhar em um mundo de cultura aliada a paisagens deslumbrantes, Peru é dos melhores lugares. Machu Picchu, na trilha Inca, vai te fazer voltar no tempo e redescobrir esse lugar. Para os aventureiros o país também é cheio de atividades.

7. Suiça


Apesar de custar um pouco mais passear por esses lados, sair das grandes cidades pode render bons e não tão caros passeios. A Suiça te cidades pitorescas onde você pode visitar castelos, desfrutar as paisagens e praticar snowboarding.

8. Uruguai


Dos países mais seguros e civilizados da América Latina, o país oferece atividades para todos os gostos. Das pessoas á comida e ao visual. A capital, Montevidéu, Punta Del Este e Colonia del Sacramento são as cidades mais procuradas.

9. Chile


Um cenário de deixar qualquer viajante de boca aberta. A capital, Santiago, tem uma das melhores vistas do mundo: a cordilheira dos andes. Ruas arborizadas, parques, prédios históricos e museus. E nas vizinhanças da metrópole, atividades de esqui, vinícolas e cidades litorâneas.  

10. Nova Zelândia


Outro grande destino para os mais aventureiros, com paisagens estonteantes. Vale as muitas horas de viagem, ah, vale...


Se animou? Fiquei animadíssima, quando pesquisando esses melhores destinos, vi que o meu próximo está entre os mais citados!

E você já visitou algum deles? Conta pra mim!


Tag: Conhecendo a Blogueira

18 janeiro 2015 Postado por Nat . 8 comentários
Apesar de ter uma enoooorme dificuldade em responder tags, principalmente sobre mim, aceitei a indicação da Ana, do Colorida Vida, pra responder essa. A tag Conhecendo a Blogueira é "famosa" e a maioria dos blogs que acompanho já respondeu. Acho a ideia super legal pra gente ficar conhecendo um pouquinho mais de quem está por trás dos blogs que acompanhamos.

A tag consiste em: contar 11 fatos sobre mim, responder 11 perguntas feitas pela blogueira que me indicou, bolar 11 perguntas e marcar 11 blogueiros pra responder a essas perguntas.


♥ 11 fatos sobre mim ♥
  1. Eu sou chata pra car%¨$@#. Acredite!
  2. Sou cheia de manias e frescuras.
  3. Adoro, desde pequena, a tomar Coca-Cola de colher. 
  4. Só como frutas descascadas. Não gosto das cascas cheias de marcas, amassados e tal. (Não disse que sou chata e fresca?)
  5. Não entro na Igreja para assistir a uma missa depois que o Padre e os ministros já entraram. Se não der tempo de chegar antes, não vou. (É uma questão de respeito imposta por mim mesma, sabe?)
  6. Se eu sujo, molho, encosto no gelado ou quente um lado do corpo, tenho que fazer o mesmo do outro lado. Por exemplo: molhei o pé esquerdo, tenho que molhar o direito.
  7. Falo - loucamente - sozinha. Converso mesmo.
  8. Eu SEMPRE imagino antes de dormir. Histórias vividas, futuras ou impossíveis. (E às vezes imagino nas filas, nas esperas, em meio a conversas com outras pessoas...é, sou doida)
  9. Eu não sei nadar, apesar de ser nascida e criada em frente ao mar.
  10. Morro de pena de usar algumas coisas minhas: de fofuras de papelarias a roupas novas.
  11. Odeio meus pés e meu nariz. Enormes.
Respondendo as perguntas da Ana ♥

  1. Se você puder realizar somente um sonho em 2015, qual seria?
    Não é bem um sonho, mas uma realização pessoal mesmo, de me encontrar. Dar um rumo pra vida sabe? Me organizar, me empenhar e encontrar um caminho em que eu realmente saiba o que estou fazendo e possa viver nele e dele.
  2. Qual é o melhor momento do seu dia?
    Acordar, pela manhã. Me sinto totalmente leve e adoro a sensação de ter um dia inteiro pela frente. E a manhã é meu turno preferido, quando eu "rendo" mais.
  3. Se existisse uma máquina de teletransporte, pra onde você iria agora?
    Olha, não tem um lugar certo, mas eu queria ir pra qualquer lugar do mundo. ♥ Viajar mesmo!
    (nesse momento, pra ser mais exata, eu queria ir pra neve, porque não tá facéoooo esse calor!)
  4. O que você gostaria de fazer mas não tem coragem de jeito nenhum?
    Pular de asa delta. Acho surreal, morro de vontade, mas jamais teria coragem. Sou cagona pra altura e já arreguei em tirolesa de criança.
  5. Qual sua primeira lembrança remota da infância? Qual é a coisa mais antiga de que você se lembra?
    Tenho memória de peixe, não lembro de quase nada da minha infância. Mas quando penso em infância, me vejo na praça daqui de casa, cheia de hippies, no verão, e eu conhecida de todos eles, rodando de barraca em barraca, só de calcinha (com uns 5 anos, ô tempo bom e sem maldade!!!), cabelos enormes e cheio de cachos nas pontas. Eu costumo dizer que os barraqueiros tomavam conta de mim. Lembro de vários deles, com saudade! E de como éramos felizes naquela época.
  6. Se você pudesse dar um único conselho a um recém-nascido, qual seria?Não perca a esperança. Você vai encontrar um mundo difícil, mas você é a esperança que ele precisa pra ser melhor. Aproveite cada minuto da infância que te espera e não perca nunca, mesmo quando crescer, a sinceridade e a pureza do coração de menino.
  7. Queria ser melhor em...
    ...correr atrás dos meus sonhos, planos. Sou muito derrotada.
  8. Qual foi a última vez que você riu de gargalhar?
    Ontem.
  9. Qual seria sua idade se você não soubesse quantos anos tem?
    Olha difícil. Eu diria 17. Mas também 35. (Muito imatura em partes, e careta em outros)
  10. Cite algo pelo qual você é mais grato.
    Acordar e perceber, apesar de tudo e de tantas vezes reclamar, que eu estou viva, em casa e com família.
  11. Se todos seus conhecidos morressem amanhã, quem você visitaria hoje?
    Família, minha casa.
♥ Minhas 11 perguntas ♥
  1. Se você pudesse voltar  24 horas no tempo, o que você mudaria?
  2. Qual a primeira coisa que você pensa ao abrir os olhos, pela manhã?
  3. Uma frase que você leva sempre em mente.
  4. Qual seu lugar favorito no mundo?
  5. Sonhos: conte um realizado, o que você mais quer realizar e um que você acha difícil se concretizar.
  6. Qual livro você está lendo agora?
  7. Pra onde você iria se tivesse uma última chance na vida?
  8. Qual a melhor comida que você já experimentou, dessas que o sabor ainda está na mente?
  9. Uma habilidade que você gostaria de ter.
  10. Qual foi a melhor coisa de 2014? E o que você espera de 2015? (Vale duas em uma?rsrs)
  11. Uma foto que te descreva nesse momento.
♥ Indique 11 blogueiras ♥

Bom, vou indicar algumas pessoas mais próximas e que não me lembro de terem respondido a tag. Mas, sintam-se livres para responder! Só avisa aqui pra gente conhecer você, tá?

Aline (Meu Coração escreve), Fernanda (Um pouco de tudo), Kamylla (Hey, London!), Bianca (Doce Sonhadora), Tatiana (Gramatifiquei), Amelia (Twee), Marcella (Quem disse, Julieta?), Renata (Famenine Place), Ana Luiza (Coisas Afins), Karina ( Blog da Ka) e Isabelle (Claro...só que não).

Posts favoritos da Semana! #5

Postado por Nat . Um comentário
E aí, encontraram muita coisa legal pela blogosfera essa semana?  Sempre, né? Essas são minhas dicas da semana, vem ver!



1. Eu tenho uma dificuldade enorme em cumprir metas, e a Fran, do Morando Sozinha, trouxe altas dicas pra nos ajudar a cumprir todos os planos.


2. Ser Freelancer parece fácil, mas não é. E tudo é questão de organização, força de vontade e dedicação! A Camila, do Meninices da Vida, vem com um segundo post sobre vida de Freela, dessa vez ensinando como sobreviver nesse ramo! Vale olhar!


3. Chega um momento das férias, principalmente quando não viajamos, ou já voltamos, que elas ficam meio tediosas, né? A Victoria, do Hey, Carpe Diem, postou algumas ideias pra tornar esses dias mais legais!


4. A gente, na maioria das vezes, tem coisas demais. Eu pelo menos tenho! Adorei o post da Thais, no Vida Organizada, onde ela fala sobre encontrarmos nossos limites em ter menos coisas.

Por hoje é só pessoal! beijos!

As rédeas da vida

17 janeiro 2015 Postado por Nat . 3 comentários
Foto: We ♥ it

Sabe aquela sensação de ter perdido o controle da vida? Acho que acontece com todo mundo pelo menos um vez. É a angústia de se sentir sozinho e perdido entre a multidão, onde não se vê uma luz, uma brecha, um cantinho pra escapar e se encontrar. Os dias parecem perder o sentido, as horas ora se arrastam, ora voam. Nada parece dar certo, tudo parece tão desastroso e fora do comum. Dói a cabeça, dói o corpo, dói a mente, dói a alma. E de alguma maneira, inesperadamente, vem a sufocante percepção de que a vida continua pra todo mundo. Todos ao redor parecem viver perfeitamente a felicidade de um comercial de margarina. Menos você, que parece ter estacionado no tempo. Mas a vida não...

Ela continua. Sempre continua. Apesar de tudo, apesar de todos, apesar de você. Não, o tempo não vai parar pra você acordar e recuperar as horas perdidas. Quem dera se fosse assim. Seria mais fácil viver. Mais fácil e menos emocionante, eu diria. É preciso uma turbulência, vez ou outra, pra sacudir o corpo e a alma e fazer você entender, de uma vez por todas, que só se vive uma vez. Mas que uma pessoa pode se perder trezentas vezes e voltar a se encontrar trezentas e uma.

Porque viver é bem isso. Se perder e se encontrar! E a cada reencontro com você mesmo, ser um pouco melhor, mais forte e sonhador. Não se preocupe, a vida é um sopro e tempestades vem e vão. Segure as rédeas da sua vida e tome o controle dela antes que seja tarde demais. E se o vento for forte o bastante pra tiras as rédeas da sua mão, levante e as segure novamente, com mais força, afinal tormentas passam, e o sol sempre volta pra iluminar o caminho.